Mês das Mães

IBGO - Mês das Mães

Maio é, sem dúvidas, um dos meses mais especiais para o IBGO. Afinal, talvez em nenhum outro mês do ano o sonho de ser mãe fique tão aflorado. Sonho esse que nós temos orgulho de ajudar a realizar na vida de tantas mulheres. É isso que nos leva para frente.

Entretanto, muitas temem ter esse sonho ameaçado por um mal que vem se tornando cada vez mais frequente: a endometriose. Causada quando o endométrio (tecido que envolve o útero) começa a crescer e envolver outros órgãos, a endometriose pode estar conectada a dificuldades em engravidar.

Essa infertilidade se dá quando o endométrio envolve as trompas ou o ovário, o que gera uma inflamação. Por consequência, ocorre um processo de cicatrização que pode acabar causando uma mudança anatômica no órgão, impedindo que ele funcione da maneira adequada. Além disso, a qualidade do óvulo e do espermatozoide pode acabar sendo afetada pelas células inflamatórias causadas pelo crescimento do endométrio.

Detectar a endometriose não é fácil. Cólica, inchaço e dor abdominal são sintomas que podem ser facilmente confundidos com os que aparecem no período menstrual. Isso faz com que as mulheres levem, em média, cerca de sete anos para descobrir os diagnósticos após o início dos primeiros sintomas, sendo que esse período chega a doze anos quando as queixas começam na adolescência. Além dos sintomas já citados, dor nas relações sexuais e dificuldade ao urinar também podem ser sinal da doença.

Entretanto, apesar de a endometriose dificultar a concepção, essa doença não deve jamais ser a razão de alguém abandonar o sonho de ser mamãe. Medicamentos via oral, injeção, ou mesmo um dispositivo intra-uterino podem tratar de casos leves ou moderados de endometriose. Para os casos mais avançados, a videolaparoscopia trata a doença.

Após tratadas da endometriose, muitas mulheres conseguem engravidar de forma espontânea nos primeiros 12 meses. Entretanto, aquelas que ainda encontram dificuldades poderão contar com diversos procedimentos que ajudam na concepção, como a fertilização in vitro (FIV).

Diversas mulheres que hoje são mamães passaram por essa dificuldade!

Neste mês das mães, não deixe de sonhar.

Fonte:

Trocando Fraldas

Revista Crescer